sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Ansiedade

Consideramos  distúrbios de ordem psicofísica, a ansiedade e seus os distúrbios decorrentes dela.vêm atingindo a sociedade de maneira cada vez mais intensa. A sociedade tem aceitado pacificamente esse mal como uma experiência  comum a todas  as pessoas  e chega ate  a classificar níveis  de ansiedade  que seriam  aceitáveis.
 É triste  constatar  que esses mesmos conceitos estão presentes na igreja. Sabemos que a ansiedade estão presentes na igrejas. Sabemos  que a ansiedade é vitima crentes incrédulos..seria  ela um mal incontrolável do qual ninguém esta livre?
 Como cristão , devemos perguntar o que as escrituras  diz  sobre esse assunto . A ansiedade é considerado  uma doença ,afinal? teria a bíblia uma definição diferente da apresentada pelos vários ramos da ciências?
 A ansiedade é em qualquer tempo, pecado.isto porque,ao experimentá-la, sem uma atitude de repudio e luta, transgredimos uma clara prescrição bíblica. Permitimos  que nossa agitação diária se converta em ansiedade e, por conseguencia , em pecado. O problema ocorre  quando nossos pensamentos se concentram no que esta  por vir , em lugar de fazer o melhor possível no  momento presente. A ansiedade  não cuida pode  debilitar a mente  e o corpo do individuo a até mesmo leva-lo a  ter  ataques pânico. Uma mentalidade  ansiosa é improdutiva , leva  a pessoa a neglicenciar outras  responsabilidades e gera sentimentos  reais de culpa .
Quando estudamos  o texto bíblico em que Jesus  aborda esse assunto (Mt.6),encontramos  a maneira correta de enfrentar a ansiedade . No texto vemos  claramente  o caráter  pecaminoso  dela
 (revista nossa fé adaptado por jhonata)
Postar um comentário